Querida amiga,

Que situação difícil estamos! Estamos tão distantes uma da outra e não podemos nos visitar. Mas saiba que você sempre esteve nas minhas orações. Mal posso esperar para te dar um abraço bem apertado. Quem sabe eu não te leve para tomar um café latte.

Eu não sei como você está, mas vou te contar como eu estou. Eu estou juntando o mínimo de energia que resta para cuidar da minha saúde e sobreviver. Nada além disso. Eu queria poder tirar meus grandes projetos do papel, mas estou a passos de formiguinha. Eu acho que você me entende. Você sempre esteve aqui para me apoiar antes mesmo que eu tomasse consciência disso.

Preciso contar para você para on-tem tudo o que aconteceu essa semana. É uma pena que aí não tenha sinal de internet. Eu amava quando a gente passava horas conversando de garotos, garotas, música e objetivos profissionais. Eu sempre te admirei tanto e gostaria que você soubesse disso.

Vamos vencer tudo isso juntas. Eu sempre estarei aqui por você.

Abraços,
Ana Luísa

Comments

comments

Carolina Haine

24 anos, brasiliense, apaixonada por literatura e chá. Criou um blog em 2004 e desde então nunca mais parou.

Deixe uma resposta